Fotografias retocadas deverão ser identificadas em publicações

A Câmara analisa o Projeto de Lei 9077/17, do deputado Francisco Floriano (DEM-RJ), que torna obrigatório inserir a expressão “fotografia retocada” em imagens de pessoas que passarem por processo de edição para serem usadas em revistas, jornais ou materiais publicitários.

Segundo Floriano, o objetivo é evitar que imagens retocadas (ou alteradas) sejam tidas como verdadeiras, induzindo as pessoas a adotar um modelo de beleza como ideal.

“O exemplo mais notório é o do aplicativo Photoshop (editor de imagens), que permite ao usuário, modificar fotografias. Esse aplicativo é muito usado em imagens de mulheres, alterando medidas do corpo, o tom da pele, eliminando rugas, manchas e levando o leitor a criar uma ideia de perfeição”, diz Floriano, acrescentando que na França essa medida já é adotada.

Tramitação

O projeto será analisado conclusivamente pelas Comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; Defesa do Consumidor e Constituição e Justiça e de Cidadania.

aqui

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu