A sociedade brasileira tem passado por momentos de grande aflição em virtude do aumento da violência, o que nos faz viver em busca de saídas, sejam elas de curto, médio ou longo prazos. Em todas elas surge, inevitavelmente, a saída pela Educação. Implantar novos projetos, de forma imediata, aponta para um trabalho em locais onde o tráfico se faz presente e há intenso confronto entre os criminosos e a polícia, para que a comunidade se sinta acolhida pelo Estado. 

Investir em projetos educacionais, especialmente nessas comunidades mais carentes, oferecerá às crianças e aos jovens, novas perspectivas de vida, integrando ações do poder público com os cidadãos da própria comunidade. É assim que pensa o deputado federal Francisco Floriano, autor de um projeto de lei que dispõe sobre a implantação de Unidades de Políticas Públicas nas comunidades onde já se encontram implantadas as Unidades de Polícia Pacificadora. 

De acordo com o projeto do parlamentar fluminense, as Unidades de Políticas Públicas desenvolverão atendimento diário através de parcerias com instituições públicas e com a iniciativa privada, nas áreas de Educação, Saúde, Trabalho e Cidadania, Esporte e Cultura e Meio Ambiente. “É fundamental considerar que a infância e adolescência são momentos cruciais no desenvolvimento humano, e que
requer maior atenção tanto da família como assistência por parte do poder público”, pondera. 

Francisco Floriano lembra, ainda, que convém desenvolver um amplo processo de inclusão digital, afinal de contas, sendo a Internet uma das mais fortes marcas da presença do futuro, nos dias de hoje, a inclusão acaba sendo fundamental para a formação de crianças e adolescentes. “Tenho lutado, permanentemente, no sentido de que haja cada vez mais preocupação do poder público para com a educação, e considero que esse é um dos mais fortes objetivos de minha vida política e parlamentar”, conclui.

Conheça as outras bandeiras do Francisco Floriano

Fechar Menu